Alimentos que não podem ser congelados
Edgard Matsuki

A técnica de congelamento de alimentos pode ajudar na preservação, alongando o tempo útil dos produtos. Além disso, é uma ajuda muito na questão da praticidade e possibilita que aquela delícia feita em grande quantidade possa ser saboreada sem precisar prepará-la novamente. Funciona com quase todos os alimentos. Eu disse quase, pois nem todos os alimentos podem ser congelados. Hoje o nosso blog vai mostrar uma lista de alimentos que não podem ser preservados no refrigerador.

Maionese: Todo cuidado é pouco com a maionese. Todos sabem os problemas que podem causar uma maionese estragada, por isso um dos maiores cuidados é evitar o calor excessivo. Porém, o frio excessivo pode estragar a maionese. O motivo é simples: Apesar de ser poupado de apodrecer, o congelamento faz a maionese talhar, devido a quantidade de leite que têm em sua composição. Além disso, a gordura contida na maionese se separa dos demais ingredientes. O resultado é uma pasta leitosa com uma camada de óleo por cima.

Leite, nata e Iogurte: Se a maionese estraga por ter um pouquinho de leite, é óbvio que o leite também estragará no freezer. Não só o ele, como também seus derivados iogurte e nata. Se você tem curiosidade de como fica, faça a experiência. Um dia do leite congelado fará ficar mais denso. Acontece assim: a parte líquida vira gelo e o que sobra é uma pasta inconsumível. Dependendo do tempo de freezer, ainda se reverte o resultado com liquidificador. Mas ás vezes o dano é irreversível.

Mas aí você pergunta: Se derivados de leite não podem ser congelados, porque que existe o sorvete? A resposta é simples. Os sorvetes normalmente contam com dois produtos que evitam a tragédia do congelamento de leite. Eles se chamam emulsificante e liga neutra. Eles que mantém a consistência cremosa do produto e não deixam cristalizar (e consequentemente coalhar). Por isso, sorvete pode congelar. Leite, nata e iogurte não.

Gelatina: Outra delícia que deve ficar longe da parte de cima da geladeira. Como a mistura da gelatina é feita especialmente para ser colocada na geladeira (após receber o choque térmico quente-frio do seu preparo), esta sobremesa não suporta altas temperaturas e nem baixas temperaturas. Se colocada no freezer, a gelatina tende a cristalizar. O sabor fica como de uma raspadinha piorada. O pior de tudo que esta consistência é irreversível, já que se tirado da geladeira, o cristal vira líquido. Aí é melhor fazer outro pacote.

Alimentos em conserva: Pode parecer óbvio, mas não é. Alimentos em conserva já são feitos desta forma para aguentar mais tempo na geladeira e não no congelador. Estes tipos de tira gostos são normalmente feitos com vinagre e água em quantidades corretas para manter o produto conservado. Agora imagine estas misturas com pontos de solidificação diferentes colocados em baixíssimas temperaturas. O resultado é um desequilíbrio na conserva e consequente azedamento do produto. Isto sem falar no visual. Um ovo de codorna congelado não é a coisa mais linda de se ver.

Por enquanto é isto, mas confira outros produtos que podem (bota um link) e que não podem ser congelados (bota outro link).